Vós sois povo eleito

O mês de agosto é celebrado na Igreja do Brasil como mês vocacional. Ao longo dele vão sendo comemoradas as diversas vocações, ministérios e serviços religiosos.

É verdade que existe, por primeiro, uma fundamental dignidade de todos os batizados como filhos e filhas de Deus, o Abbá! Pai! Bem como, uma comum vocação de todos à santidade, enquanto vivência e comunhão no mistério da Santíssima Trindade, Pai e Filho e Santo Espírito. Um é, pois, o Povo eleito de Deus: “há um só Senhor, uma só Fé e um só Batismo; há um só Deus e Pai de todos”. (Ef 4,5). Ou também conforme o  Apóstolo Pedro: “Vós sois uma raça escolhida, um sacerdócio régio, uma nação santa, o povo eleito” (1Pd 2,9)

Na primeira semana de agosto celebramos os ministérios ordenados: diáconos, presbíteros (padres) e bispos. Por conta do dia do padre (4 de agosto) é o ministério mais lembrado nas comunidades.

A Arquidiocese de Campinas conta hoje com 109 padres diocesanos, 71 religiosos pertencentes a 19 Congregações e 25 Diáconos.

No dia 19 deste mês foi ordenado na Catedral o Diácono Carlos Roberto de Oliveira Jesus que então é o mais novo padre. Os mais antigos são Mons. Valdemiro Caran e Pe. Pedro J. Tomasini, ambos com 68 anos de ordenação. D. Gilberto (90), tem 68 anos de padre e 51 de Bispo.

Em processo de formação em nossos seminários: propedêutico, filosofia e teologia encontram-se 48 jovens. D. Airton José, dedica especial cuidado à formação dos novos padres, com o apoio de uma equipe de formadores.

Por ocasião do dia dos pais (13 de agosto) teve início a Semana da Família com o tema: “Família, uma luz para a vida em sociedade”.  A Igreja não desiste da família, porque não desiste da vida e respeita as novas configurações de família.

Na sequência, na solenidade da Assunção de Nossa Senhora (20) focalizamos os vocacionados à vida consagrada, homens e mulheres, seja nas congregações religiosas seja em outros institutos. Na Arquidiocese são 26 congregações femininas. A Congregação das Missionárias de Jesus Crucificado foi fundada por D. Barreto e Ir. Maria Vilac, em 1928.

Nos dois domingos seguintes lembraremos os muitos cristãos leigos e leigas que assumem por conta da sua vocação batismal, serviços nos ministérios da Palavra, da Liturgia e da Caridade. São chamados Agentes de Pastoral. No Ministério da Palavra sobressaem todas as pessoas que se dedicam à Evangelização, especialmente na Iniciação à vida cristã, com ênfase na preparação aos Sacramentos, como Batismo, Eucaristia, Crisma e outros. No dia 27 celebra-se o dia Nacional do Catequista.

São centenas esses discípulos missionários em nossa Igreja Diocesana, presentes nas Paróquias, Comunidades e Movimentos.

E a vocação cristã dos leigos e leigas que vivem no vasto e conflitivo mundo? Seu dia comemora-se na solenidade de Cristo Rei do Universo, que ocorrerá em 26 de novembro. Os cristãos leigos e leigas são chamados a serem os olhos, os ouvidos, as mãos, a boca e o coração de Cristo na Igreja e no mundo (Cfr Doc 05 – CNBB)

Você, leitor/leitora, certamente faz parte deste Povo eleito de Deus! Reconheça, pois, sua dignidade!

Pe. José Arlindo de Nadai – Paróquia Divino Salvador