Ficai atentos e orai (Lc 21,25-28.34-36)

Primeiro Domingo do Advento – Ano “C”

Evangelho – Lc 21, 25-28.34-36

Naquele tempo disse Jesus a seus discípulos:
25 Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas.
Na terra, as nações ficarão angustiadas,
com pavor do barulho do mar e das ondas.
26 Os homens vão desmaiar de medo,
só em pensar no que vai acontecer ao mundo,
porque as forças do céu serão abaladas.
27 Então eles verão o Filho do Homem,
vindo numa nuvem com grande poder e glória.
28 Quando estas coisas começarem a acontecer,
levantai-vos e erguei a cabeça,
porque a vossa libertação está próxima.
34 Tomai cuidado para que vossos corações
não fiquem insensíveis por causa da gula,
da embriaguez e das preocupações da vida,
e esse dia não caia de repente sobre vós;
35 pois esse dia cairá como uma armadilha
sobre todos os habitantes de toda a terra.
36 Portanto, ficai atentos e orai a todo momento,
a fim de terdes força
para escapar de tudo o que deve acontecer
e para ficardes em pé diante do Filho do Homem.

Refletindo a Palavra 

Iniciamos um Ano Novo na Igreja, um Ano Novo Litúrgico. É o ano “C”, no qual acompanharemos os passos de Jesus através do Evangelho de São Lucas.
O Ano Novo Litúrgico começa com o Tempo do Advento. Tempo de espera, tempo de renovar as esperanças, tempo de renovar os sonhos. Nós é que escolhemos se vamos pelo caminho da monotonia – de novo o Advento! – ou pelo caminho da renovação – mais uma chance de fazer um novo caminho, de colorir com cores diferentes a vida de fé.
“…Levantai-vos e erguei a cabeça, porque a vossa libertação está próxima” (Lc 21,28). Por trás da linguagem apocalíptica, Jesus quer frisar e chamar atenção à esperança de dias melhores. Mas depende de nós, de nossa disposição em deixar para tras tudo aquilo que já se tornou obsoleto, uma vez nesse ano somos melhores do que éramos no início do ano passado. Somos mais experientes. Fomos agraciados pela bondade e misericórdia de Deus no ano que se passou. O filósofo Heráclito dizia que “ninguém se banha duas vezes no mesmo rio”. Da mesma forma, hoje somos melhores do que éramos ontem, pois ontem não tínhamos a mesma vivência que hoje temos.
Nesse ânimo, nessa esperança, nesse otimismo cristão, vamos entrar no Ano Novo Litúrgico renovados e cheios de alegre esperança. Que Nossa Senhora, a Mãe da Esperança nos abençoe e interceda por nós.

Rezando e Respondendo à Palavra

Salmo – Sl 24,4bc-5ab.8-9.1014 (clique AQUI)

R. Senhor meu Deus, a vós elevo a minha alma!

4 Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos,*
e fazei-me conhecer a vossa estrada!
5 Vossa verdade me oriente e me conduza,
porque sois o Deus da minha salvação!

8 O Senhor é piedade e retidão,*
e reconduz ao bom caminho os pecadores.
9 Ele dirige os humildes na justiça,*
e aos pobres ele ensina o seu caminho.

10 Verdade e amor são os caminhos do Senhor*
para quem guarda sua Aliança e seus preceitos.
14 O Senhor se torna íntimo aos que o temem
e lhes dá a conhecer sua Aliança.