Recebei o Espírito Santo!.. (Jo 20,19-23)

Domingo de Pentecostes

Evangelho – Jo 20,19-23

19 Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da semana,
estando fechadas, por medo dos judeus,
as portas do lugar onde os discípulos se encontravam,
Jesus entrou e pondo-se no meio deles,
disse: ‘A paz esteja convosco’.
20 Depois destas palavras, mostrou-lhes as mãos e o lado.
Então os discípulos se alegraram por verem o Senhor.
21 Novamente, Jesus disse: ‘A paz esteja convosco.
Como o Pai me enviou, também eu vos envio’.
22 E depois de ter dito isto,
soprou sobre eles e disse: ‘Recebei o Espírito Santo.
23 A quem perdoardes os pecados,
eles lhes serão perdoados; a quem os não perdoardes,
eles lhes serão retidos’.

Refletindo a Palavra

A Festa de Pentecostes, para os judeus, é quando Moisés recebe de Deus, no Monte Sinai, as tábuas da Lei, sinal da Antiga Aliança; para os cristãos, Pentecostes, é o nascimento do novo povo de Deus, tendo agora como aliança definitiva o Sangue do Cordeiro de Deus, o definitivo, Jesus Cristo, que com sua Morte e Ressurreição conduz à liberdade verdadeira todos aqueles que aceitarem e acolherem suas palavras. Toda a humanidade está redimida, mas Deus, respeitando a liberdade de cada um, oferece, não impõe, a Salvação no Seu Cristo. Muitos aceitaram e aceitarão; muitos outros, no entanto recusarão.

Mais que festa, Pentecostes, para os cristãos é uma Solenidade. É o dia do nascimento da Igreja de Jesus Cristo, o Filho Único de Deus. Na fragilidade daqueles homens e mulheres reunidos e fechados naquele cenáculo, “por medo dos judeus” surge o povo da Nova Aliança. É a força de Deus, no Seu Espírito Santo, agindo através da fraqueza e imperfeições humanas. Fazendo corajosos aqueles covardes. Muitos, darão a vida pelo Evangelho, pelo seu Senhor Jesus Cristo. Tiago será esquartejado; Pedro, crucificado de cabeça para baixo; Bartolomeu, será esfolado vivo. Isso pra citar alguns. Força e Luz do Espírito de Deus, que alimenta, fortalece e dá vida à alma humana.

Maria é aquela que foi crismada, com excelência. Na Anunciação, após o seu “sim”, recebe o Espírito Santo, e concebe no seu ventre o Filho Único de Deus, a Palavra de Deus feita carne. Nela, presentes de maneira espetacular, estão as duas pessoas da Santíssima Trindade: o Filho e o Espírito Santo. Que ela interceda por todos os discípulos de Seu Filho, para que possamos abrir nossas mentes, corações, todo o nosso ser, para acolhermos os Dons do Espírito que nos faz “soldados de Cristo” na defesa e construção do Reino de Deus, que começa aqui e agora, mas tem vocação irresistível de Eternidade. Amém.

PARA SEU MOMENTO DE ORAÇÃO PESSOAL

 

Espírito de Deus,
Enviai dos céus
Um raio de luz!

Vinde pai dos pobres
Daí aos corações
Vossos sete dons

Consolo que acalma
Hóspede da alma
Doce alívio vinde!

No labor descanso
Na aflição, remanso
No calor, aragem

Ao sujo lavai,
Ao seco regai,
Curai o doente.

Dobrai o que é duro,
Guiai no escuro,
O frio aquecei

Enchei luz bendita,
Chama que crepita
O íntimo de nós

Sem a luz que acode, nada o homem pode
Nenhum bem a nele

Daí a vossa igreja, que espera e deseja
Vossos sete dons

Daí em premio ao forte, uma santa morte
Alegria eterna
Amem, amém.